Em alerta por ocupação de UTIs, governo do RS atualiza mapa de risco nesta sexta-feira

  • 04/07/2020
  • 0 Comentário(s)

Em alerta por ocupação de UTIs, governo do RS atualiza mapa de risco nesta sexta-feira

Se alguma das regiões que já está com bandeira vermelha for reincidente, permanecerá mais duas semanas com essa classificação

O governo do Estado divulga, no fim da tarde desta sexta-feira (3), o mapa preliminar de bandeiras de risco para a próxima semana. A classificação definitiva será divulgada na próxima segunda-feira (6), após a análise de eventuais recursos.

Seis das 20 regiões já estão com bandeira vermelha: Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa, Santo Ângelo e Passo Fundo. Se forem novamente classificadas com esse nível de risco, serão consideradas reincidentes e, pelas regras do modelo estadual de enfrentamento à pandemia, permanecerão com as restrições atuais por mais duas semanas.

Dessas seis regiões, quatro já foram reincidentes na classificação da semana passada: Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo e Capão da Canoa. Para essas, que já cumprem a “pena” pela reincidência, mesmo que haja melhora de indicadores para regressar à bandeira laranja, seguirão com regras de bandeira vermelha.

Piratini apela por ajuda para as próximas duas semanas

A bandeira vermelha implica, entre outras medidas, no fechamento do comércio. Desde o início desta semana, o governo passou a permitir que, nas regiões de bandeira vermelha, o comércio possa funcionar para atendimento por telentrega. Os estabelecimentos não podem abrir as portas aos clientes.

A progressiva piora nos indicadores de ocupação de leitos de UTI acendeu o alerta no Palácio Piratini. Na quinta-feira (2), o governador divulgou um vídeo em que apela à população que haja respeito ao distanciamento controlado e às regras de higiene. Historicamente, as semanas no fim de junho e início de julho têm índices preocupantes de internações por síndromes respiratórias. Neste ano, a situação é agravada pela pandemia de coronavírus, o que pode levar o sistema hospitalar ao colapso, segundo o governo.

– Julho chegou com a pior das notícias. Estamos com o sinal de alerta ligado pelo ritmo de ocupação das nossas UTIs. Sobretudo nas regiões de bandeira vermelha, chegou a hora de mais uma dose de esforço: é fundamental que nos próximos 15 dias retomemos os níveis de isolamento intenso – afirmou Leite, no início do vídeo.

Na quinta (2), o Estado atingiu o maior percentual de ocupação de leitos de UTI por pacientes com covid-19. Do total do leitos de UTI ocupados, 37,7% eram usados por pacientes confirmados ou suspeitos com covid-19. O percentual se mantém nesta sexta (3). Em maio, esse índice ficava abaixo dos 20%.

Entenda o cálculo e o cronograma das bandeiras

O cálculo das bandeiras é feito a partir de dados inseridos no sistema estadual por parte de hospitais e prefeituras. Atualmente, o governo do RS captura os dados de ocupação de leitos e de proliferação do vírus na noite de quinta-feira e começa a revisar os números na sexta-feira pela manhã. Na sexta à tarde, divulga o mapa preliminar e abre o período de recurso — quando são analisados até a divulgação do mapa definitivo, na segunda-feira (6). As regras passam a valer na manhã de terça (7).

Ao analisar os recursos, o governo do Estado leva em conta tanto questões objetivas, como a consistência dos dados utilizados no cálculo, quanto outras subjetivas, a exemplo do “contexto” da região. No cálculo da semana passada, três zonas que tiveram indicação de risco alto (bandeira vermelha), acabaram ficando com classificação laranja (risco médio), por decisão do Piratini.

Até o momento, nenhuma zona do Estado chegou ao nível mais elevado de risco: a bandeira preta. Depois dela, pelo modelo do governo do Estado, há apenas a opção por medidas comumente chamadas de lockdown, em que se interrompe a circulação da população.

Fonte: Clicrbs

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

Genifer

Piloto Automático

06:00 - 20:00

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Camila Cabello

Havana

top2
2. GeeGu

Moonlight

top3
3. Katy Perry feat. Juicy J.

Dark Horse

top4
4. Sia feat. Sean Paul

Cheap Thrills

top5
5. Anitta feat. Kevinho

Terremoto

Anunciantes